OBRIGAD@!

Normalmente, a palavra de agradecimento é guardada para o final, mas como o POM não pode existir sem doadores e voluntários, ficamos felizes em começar com isso. Super obrigado a todos pelo apoio no ano passado! Graças a suas doações generosas, doações únicas e sua inestimável dedicação, pudemos realizar belos projetos novamente. Um agradecimento especial à Fundação Salem por sua bela doação para a maternidade!

Desejamos a todos Boas Festas e um amoroso 2019 e esperamos contar com o seu apoio novamente este ano.

ESCOLINHA
Está indo muito bem na escolinha. O dia 30 de novembro foi o último dia letivo deste ano e, no próximo ano, 26 crianças irão para a 1ª turma da escola primária. A parte formal da festa de Ano Novo aconteceu na grande praça da Ilha de Moçambique. As crianças vestiram-se como pequenos professores e receberam um certificado real.

Na entrada, colocamos uma grande placa com todas as atividades que ocorreram este ano e foram organizadas pela PoM.

Para terminar o ano letivo, a festa foi realizada numa tarde em Lumbo, com biscoitos, comida, bolo e um castelo inflável.

  

Também nessa última viagem trouxemos novos brinquedos para as crianças se divertirem no próximo ano letivo. Durante o feriado haverá manutenção na escolinha e um novo portão de ferro será colocado e pintado. A horta será novamente semeada e novas árvores frutíferas serão plantadas em meados de janeiro.

APOIO À ESPERANÇA

Uma das nossas melhores professoras de educação infantil, Esperança, gostaria muito de receber treinamento adicional para professores de creches. Com este treinamento, ela também pode ensinar no nível 1 da escola primária. Nós sentiremos falta dela por um ano, mas depois do treinamento ela voltará e também poderá ajudar com o ATL. A formação será em Nacala, com um ano de duração, ao custo de 500 Euros. Nós gostaríamos muito de contar com doadores para garantir que Esperança continue estudando. Isso já será possível se 20 doadores doarem 25 euros. Você ajuda no desenvolvimento da Esperança e, assim, também melhora a educação na escola.

Ótimo projeto? Clique no botão abaixo e ajude a Esperança.
AJUDE ESPERANÇA A ESTUDAR

SAÚDE

Nós, e especialmente Licinia, estamos ansiosos para fevereiro de 2019. Então Adrienne nos ajudará novamente por 3 semanas na maternidade. Estamos a olhar para as possibilidades de realizar um edifício simples com cozinha ao ar livre na pediatria, onde eles poderão fornecer alimentação às crianças, como acontece na escolinha com a sua própria horta. A manutenção poderá ser realizada com os própriois moradores, portanto precisamos apenas realizar a construção, semeadura e supervisão. Foi acordado que doaremos moringa em pó e folhas até que eles mesmos produzam moringa.

Juntos com as “irmãs” e o governo (distrito de Carolina) conversamos com as pessoas envolvidas e a pediatria está sendo usada ​​para mães com bebês doentes e crianças de até 5 anos de idade. Licinia tem seu próprio espaço para ultrassonografia e outro espaço como consultório. Isso alivia a maternidade na medida em que apenas os partos acontecem por lá. Se necessário, a recuperação é feita em pediatria. Materiais como camas e mosquiteiros foram fornecidos pelo Ministério da Saúde, bem como bicicletas para ativistas visitarem as aldeias vizinhas. Medicamentos também foram disponibilizados pela USAID e, na próxima semana, um médico de clínica geral fará uma visita.

 

Ainda estamos muito ocupados com a conexão do oleoduto municipal ao sistema da maternidade e pediatria. Através de conversas com a irmã Antonia (diretora do “Irma’s”), Carolina e PoM, buscamos uma maneira de realizar tudo isso juntos. Além disso, permanece a demanda por restauração de materiais e saneamento para a maternidade, uma cozinha ao ar livre e uma horta privada.

Em uma conversa com Licinia, logo descobrimos que o equipamento de ultrassom é usado com frequência. Ela disse que realiza cerca de 40 ecografias por mês, e que faz uma grande diferença agora que o equipamento está lá. Ela pode reconhecer os problemas muito mais cedo do que antes, para que ela possa enviar as mulheres para tratamento epecializado. Então agora não precisam correr para o hospital e podem simplesmente ir com o chapa local. Anteriormente, era comum haver mais riscos causados por complicações já ocorridas e pela demora no deslocamento devido à falta de gasolina para a ambulância.

Um exemplo perfeito da utilidade do equipamento de ultrassom ocorreu há duas semanas. Licinia foi convocada pelo médico da Ilha. Ele examinou uma mulher grávida e pensou que poderia esperar um pouco mais para enviá-la ao hospital. Licinia fez um exame de ultrassom e viu que o bebê estava posicionado completamente errado. Ela a mandou imediatamente para o hospital, onde foi realizada uma cesariana. Mãe e filho estão bem!

Para a cozinha externa doamos grandes panelas e, graças à generosa doação de Ineke Tanis, os primeiros canos de água foram ligados ao sistema municipal e já há água corrente na maternidade e pediatria.

    

Nós também iniciamos a implantação da horta para aproveitar a estação chuvosa que está chegando. Primeiramente um bom solo e, depois, as plantas e sementes.

Licinia recebeu um novo telefone para poder enviar relatórios e fotos. Ela ficou extremamente feliz com isso!

CULTURA

Houve muitas reações positivas na bienal do Festival d’Arte e o diretor e a diretoria do museu estão muito satisfeitos com a ajuda do PoM. Um pequeno espaço de exposição foi preservado, a loja do museu está melhorando e fotografias dos tesouros de arte do museu foram adicionadas. Os artigos são vendidos aos visitantes e 20% dos rendimentos vão para o museu.

As crianças da Ilha e Lumbo já estão ansiosas para o próximo festival e estão orgulhosas de mostrar seus desenhos, mas sim eles têm que esperar. Nós tentamos prestar mais atenção à arte visual e música para as crianças mais velhas da escolinha.